abril 28, 2017 Geral 0

Iniciativa conta com parceria do Ministério da Integração Nacional, Anatel e das operadoras de telefonia. Projeto piloto vai durar de 120 dias

Adversidades climáticas

Iniciativa conta com parceria do Ministério da Integração Nacional, Anatel e das operadoras de telefonia. Projeto piloto vai durar de 120 dias

A partir de fevereiro, moradores de 20 municípios de Santa Catarina poderão receber alertas de enchentes, vendavais, deslizamentos de terra e outros eventos naturais de risco por SMS.

Para receber as mensagens é necessário se cadastrar no sistema de alerta. Os moradores das respectivas localidades devem enviar, a partir da próxima quarta-feira (1º), um SMS para o número 40199 com o CEP de interesse. O envio e o recebimento das mensagens não têm custos para o consumidor e é possível cadastrar mais de um código postal.

O projeto, que tem como base parceria entre a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o Ministério da Integração Nacional e operadoras de telefonia, está na fase piloto e a intenção é torna-lo ativo para todo o Brasil até o fim do ano.

A etapa do projeto piloto terá duração de 120 dias. Em seguida, haverá um período de avaliação de dois meses. A previsão é que, até julho, o serviço comece a ser disponibilizado para outros estados interessados.

“A ideia é salvar vidas. O projeto começa nestes municípios de Santa Catarina, que têm sofrido recentemente com eventos desse tipo, que causaram até mortes. A intenção é alertar a população para que ela fique preparada e possa deixar os locais que serão atingidos”, diz o superintendente de Controle de Obrigações da Anatel, Osmar Bernardes.

A agência de fiscalização trabalha como interlocutora entre as Defesas Civis municipais, responsáveis por monitorar as áreas de risco e criar as mensagens de alerta, e as operadoras de telefonia, que enviam os SMS para os usuários cadastrados.

 

Fonte: Moradores de municípios catarinenses vão receber alertas de desastres por SMS; Portal Brasil, com informações do MCTIC.